Qual o melhor momento para procurar um Geriatra?

Sim, especialistas consultados pela Agência Brasil, garantem: é possível envelhecer com qualidade de vida.Quanto mais cedo o especialista for consultado, melhor será a qualidade de vida após os 60 anos. O acompanhamento preventivo é muito importante para se ter uma velhice saudável.


Depois dos 40 ou 50 anos, várias doenças começam a surgir e são tantos especialistas que temos que procurar, que a necessidade de se averiguar o todo é cada vez maior. É nesse contexto que surge a figura do médico geriatra.


O ápice do corpo humano ocorre aos 30 anos. A partir daí, começa o processo de envelhecimento de cada célula, ou seja, é hora de procurar um clínico geral especializado nas doenças mais comuns ao envelhecimento, que é o geriatra.


Porém, a maioria das pessoas só procuram o especialista quando já estão na terceira idade e muitas vezes o médico encontra situações que poderiam ter sido prevenidas ou até mesmo evitadas se fossem averiguadas mais cedo. Procurar o geriatra antes de chegar à terceira idade impacta positivamente na saúde do idoso, já que ele poderá tratar condições antes que se tornem doenças.


Para muitas pessoas, consultar um geriatra é assumir que está velho e aí surge o preconceito de procurar o médico antes dos 40 anos como meio de prevenção. A verdade é que não tem jeito. Nosso corpo envelhece, sim, e mais rápido do que pensamos. Se esse envelhecimento será saudável ou não, e uma questão de estratégia.


O geriatra, pode antever como será o envelhecimento e orientar uma mudança de estilo de vida. A conclusão é que não há solução mágica para uma velhice saudável. É preciso fazer um esforço quando ainda é jovem.

8,7 milhões de idosos já foram vacinados contra a gripe no país

Nesta primeira fase, idosos e trabalhadores de saúde têm prioridade de vacinação. O Ministério da Saúde alerta que é importante seguir o cronograma da campanha para que não falte vacina

Até o início desta segunda-feira (30), 8,7 milhões de idosos já tinham sido vacinados contra a gripe em todo o País. Esse número representa 42,12% do total da população idosa a ser alcançada. Em relação aos trabalhadores de saúde, foram vacinados 1,7 milhão (34,81%) da meta. O Ministério da Saúde já enviou 23 milhões de doses para os Estados.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe teve início no dia 23 de março e segue até 22 de maio. Neste período, serão realizadas mais duas fases em datas e para públicos diferentes. A meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada um desses grupos, até o dia 22 de maio. O dia “D” de mobilização nacional para a vacinação acontece no dia 9 de maio (sábado).

Confira a Notícia do Ministério da Saúde completa clicando aqui!

× WhatsApp