Idosos necessitam ter ainda mais atenção com a hidratação

Pessoas com mais de 60 anos sofrem uma diminuição do número e da sensibilidade de receptores corporais que controlam a sede. Sem perceber, eles sentem menos vontade de beber água – mas o corpo continua necessitando de uma boa quantidade de líquidos par que todo o organismo funcione bem. Assim, os idosos acabam sendo mais suscetíveis à desidratação.

Essa alteração no organismo do idoso, faz parte do processo natural de envelhecimento; portanto, menor reserva hídrica. Mas há outro complicador: mesmo desidratados, eles não sentem vontade de tomar água; os seus mecanismos de equilíbrio interno não funcionam muito bem.

Segundo os especialistas na área da saúde, o consumo correto de água ajuda também a afastar problemas de constipação (intestino preso), uma das síndromes que mais atrapalham a saúde da terceira idade. O Ministério da Saúde sempre recomendou aos idosos a presença de alimentos com fibras nas refeições para que eles não sofram com a prisão de ventre. No entanto, é necessário ingerir fibras e água também. A recomendação da água vem junto, pois ela deve ser consumida ao longo de todo o dia para que o organismo funcione corretamente. Fazendo isso, a desidratação não aparece

Deixe um comentário

2 × quatro =

× WhatsApp