Mundo Digital – Idosos mais conectados e independentes

 

Mundo Digital – Conversar pelo WhatsApp, postar fotos nas redes sociais e realizar uma chamada de vídeo para conversar com um parente distante. Essa é a nova rotina dos idosos do século XXI

Segundo a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, a inclusão digital na terceira idade, mais que necessária, é positiva para a saúde da população com mais de 60 anos.

O acesso aos dispositivos digitais estimula o cérebro e, nesse sentido, os ganhos cognitivos são vários. Há pesquisas que mostram benefícios para aspectos como memória e até depressão.

Na internet, o idoso interage e socializa mais. Isso faz bem para o comportamento dele, já que ele fica mais ativo e se integra à realidade de hoje, em que boa parte da rotina envolve tecnologia. No Brasil, cada vez aumenta o número de pessoas acima de 50 anos envolvidas com as novas tecnologias.

Segundo pesquisa divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2018, 19,7% da população idosa brasileira utiliza a internet — dez anos atrás, os usuários eram apenas 6,5%. O número de idosos dessa faixa etária que utiliza o celular também aumentou bastante: pulou de 15,2% em 2006 para 59,6% nos dias de hoje.

Os dispositivos trouxeram autonomia para os idosos que, muitas vezes, não gostam de ter que pedir ajuda para realizar tarefas do dia a dia. Só o fato de aprender algo novo, independentemente de ser no computador ou celular, já é um estímulo cognitivo para os idosos.

Deixe um comentário

vinte − quatro =

× WhatsApp